Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

"Espiritismo" e o marketing da superação

Há um mito religioso, defendido com muito êxtase por pessoas já privilegiadas de alguma forma, de que as pessoas que mais enfrentam dificuldades são as que detém sucesso e superação.
O mito de que pessoas conseguem superar as dificuldades mais pesadas e praticamente impossíveis de uma superação por condições normais é muitas vezes defendido como se fosse um símbolo de êxito e realização humana.
Muitos que defendem essa ideia se acham dotados de evolução moral, e não raro estufam o peito e dizem, para quem está "embaixo" da pirâmide social: "Viu? Essas pessoas lutaram, lutaram e lutaram, deram murro em ponta de faca, dedicaram todo o suor, sangue e lágrimas para superar as piores dificuldades e elas conseguiram".
Isso se chama marketing da superação e se define pela meritocracia do sacrifício. A ideologia moralista se deixa valer de exemplos de superação humana para fazer propaganda, e as pessoas que pregam esse mito da "superação obtida sob as piores adversid…

Provas incontestáveis de que o "Espiritismo" brasileiro está enganado quando fala que a Terra entra agora em fase de evolução

O "Espiritismo" brasileiro sempre veio com este papo de "Terceiro Milênio", "Era de Transformação", "Fase de Regeneração" e outros delírios do tipo. Mas quando a gente confrontava as teses "espíritas" com a realidade, percebia que tudo não passava de conversa para boi dormir e para aumentar os frequentadores de "centros".
Mas eis que a realidade em pessoa bate a porta dos "centros espíritas" para lembrar a frequentadores e às lideranças que ela ainda existe, está viva, mas não vai nada bem.
Ou seja, o "Espiritismo" brasileiro, que se isola cada vez mais graças a muitas denuncias de fraudes, de deturpação doutrinária e de ineficácia da caridade paliativa que pratica, caminha para o seu atoleiro pois não consegue explicar de forma lógica (ué, não era uma ciência?) o que está acontecendo com a realidade diante de tanto retrocesso e desentendimento.
No Brasil, que segundo os "espíritas" iria liderar…

"Vencer a si mesmo" é a pior bobagem que um "espírita" pode dizer

Que o "espiritismo" anda cometendo das suas, isso é verdade. Vide classificar como "regeneração da humanidade" uma manifestação de midiotas" contra Dilma Rousseff, uma série de protestos movidos pelo ódio (alô, "espíritas") e que abriu caminho para esse governo de corruptos tendo à frente o retrógrado Michel Temer.
Isso vem desde 1884, quando o "espiritismo" escolheu ser apenas uma adaptação paranormal do Catolicismo português, de moldes medievais. O "espiritismo" se limita a ser apenas um "catolicismo à paisana", sem folhas de ouro, sem batinas pesadas nem ritos austeros, em que é preciso colocar, no mezanino, um órgão gigante para tocar os acordes musicais sacros.
Não. Basta um rapazinho com violão e umas três pessoas cantando junto e, pronto, temos a musiquinha "espírita" (leia-se com letras "positivas"), seja ela que for, até "Rap da Felicidade", se o pessoal escolher. Isso se não coloc…

Carta a Robson Pinheiro, a seus assemelhados e a seus seguidores

Caro Robson Pinheiro, caras lideranças "espíritas", caros adeptos do "Espiritismo"...
Vocês consideram a farsa do 13 de março o marco para um período de libertação e de regeneração do planeta.
Pois saiu quem vocês não queriam: um partido feito para os trabalhadores. Um partido que não falava por vocês. 
Pois vocês não são trabalhadores. São Casa Grande e não senzala. Muito menos quilombo.
Falaram que era contra a corrupção, mas eliminaram suspeitos que possivelmente não eram culpados.
Sem saber que os corruptos de verdade eram os que você, Robson Pinheiro, quis colocar no poder.
Hoje, em que um novo "13 de março" faria mais sentido, não vemos mais os ricos patos vestidos com o amarelo da corrupta CBF batendo panelas e gritando palavras de ordem pela Avenida Paulista.
Estão todos isolados silenciosamente em suas mansões e condomínios de luxo.
Agora que "O Partido" foi deposto, segue desde já o silencio sepulcral...
Estamos livres, então?
Agora v…

Tudo para os ricos, nada para os pobres!

A guinada direitista do "Espiritismo" brasileiro, supostamente "orientada" pela "espiritualidade superior" (na verdade espíritos de velhos e odiosos macartistas disfarçados de "sábios") tirou definitivamente a sua mascara de "doutrina avançada". 
Incapaz de melhorar o país em mais de 130 anos, se limitando a caridade paliativa que não elimina problemas, mas cria meios de suportá-lo, o "Espiritismo" brasileiro agora abraça um governo golpista e ideias retrógradas que pretendem reservar o bem estar a uns poucos que compartilham de ideais retrógrados e meios suspeitos de vencer na vida.
O "Espiritismo" brasileiro, totalmente distante e em muitos pontos contrário ao Espiritismo original fundado por Allan Kardec, sempre foi uma seita de elite com um número grande de seguidores de alto poder aquisitivo e graduados em faculdades. O que não significa que sejam mais inteligentes, pois o "Espiritismo" brasileiro ag…

"Espiritismo" rompe com proposta de caridade ao aprovar golpe e governo Temer

Kardec havia lançado uma frase que se tornou lema do Espiritismo que ele fundara: Fora da caridade não há salvação.  Aí vieram os deturpadores, sobretudo Jean Baptiste Roustaing que distorceram não somente toda a doutrina como também  conceito de caridade, se limitando ao que já era feito no Catolicismo e nas outras seitas cristãs.
O "Espiritismo" brasileiro, afeito a Roustaing, mas que vive fingindo seguir Kardec, também distorceu o conceito de caridade, resultando na total incompetência em acabar com os problemas e auxiliar os mais necessitados. 
O superestimado "Espiritismo" brasileiro não conseguiu, em mais de 130 anos de existência, mudar a sociedade brasileira para que ela fosse mais justa e solidária. E em 2016 acaba de tomar uma infeliz decisão que poderá piorar as coisas e que vai totalmente contra a proposta de bem estar da humanidade que tanto fala em suas palestras e discursos.
Eis que a "doutrina do amor e da paz" resolve assumir seu direiti…

O Caçador de charlatões

OBS: Esta entrevista é com James Randi, ilusionista famoso nos anos 70 e que se tornou caçador de charlatões. Ele tem as condições de desmascarar muitos mitos do "Espiritismo" brasileiro, sobretudo peixes grandões como Chico Xavier, Divaldo Franco, José Medrado, Robson Pinheiro e esse tal João de Deus citado no artigo.
Todos, sem exceção, que viveram (Chico Xavier está morto) e vivem para enganar muitas pessoas, incluindo muitos ingênuos muito bem instruídos que não desenvolveram o discernimento necessário para entender que religiões são mitologias e divindades não existem. Leiam a entrevista e saibam como desmascarar os farsantes do "Espiritismo" brasileiro e as mentiras que eles defendem e divulgam.
Só um detalhe sobre pagamento: mesmo que médiuns brasileiros não cobrem, eles usam sua paranormalidade para atrair seguidores para palestras caríssimas e para comprar muitos livros. Desta forma é que médiuns têm feito fortunas para seu bem estar pessoal. Ou acham que Ch…