Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

Tese de que Chico Xavier previu vida em Marte é MENTIROSA

Uma grande mentira tenta aliciar o mundo científico através de uma tese que só faz sentido no Brasil marcado pela desinformação e pela mistificação fácil das coisas.
Essa tese é a de atribuir a Francisco Cândido Xavier o "pioneirismo" em até 80 anos de suposta previsão de existência de vida em Marte, através dos livros Cartas de uma Morta (1935), atribuído ao espírito de sua mãe, Maria João de Deus, e Novas Mensagens, usando o nome do falecido escritor Humberto de Campos.
A "façanha" foi festejada nos meios "espíritas" não só do Brasil como também na Europa, como atesta o blogue Artigos Espíritas, a partir de uma fofoca espalhada pelo radialista carioca Gerson Simões Monteiro desde 2004. Gerson é presidente da Rádio Rio de Janeiro AM e colunista do jornal carioca Extra.
O factoide teve repercussão favorecida por causa da visibilidade e prestígio de Gerson e do carisma até hoje altíssimo do enfocado, o anti-médium Chico Xavier. A tese não tem fundamento, mas …

Chico Xavier queria que ETs substituíssem "velho mundo" para recuperação da humanidade

A pretensa profecia da "data-limite", de Francisco Cândido Xavier, que fascina muitos brasileiros ainda seduzidos pela imagem "bondosa" do suposto médium e entorpecidas pelas delirantes idealizações que se faz dele, é na verdade um monte de absurdos.
Amontoados no livro Não Será em 2012, de Geraldo Lemos Neto e Marlene Nobre (esta já falecida) e no documentário Data-Limite Segundo Chico Xavier, as predições do anti-médium mineiro dadas a Geraldo em 1969, baseadas num sonho que Xavier teve após a chegada de uma tripulação da NASA à Lua, em 20 de julho daquele ano, os dados revelam-se absurdos numa análise mais cautelosa.
As predições - porque suposta e falsamente proféticas - de Chico Xavier são trabalhadas como se fossem relatos científicos, e analisados como se fossem dados de cunho geológico, sociológico, geográfico e antropológico, embora no final a "revelação" se mostrasse não mais do que um apelo religioso, uma propaganda tendenciosa do "movimento…

O impiedoso "espiritismo" brasileiro pede perdão

Depois de tanto cometer erros de propósito, vários deles graves e criadores de vergonhosos escândalos, o "movimento espírita" tenta reagir às merecidas críticas com uma enxurrada de postagens, na Internet, que forjam seu bom-mocismo.
Há mensagens bonitinhas sobre "qualidade de vida" e listinhas de dicas para o "bem viver". Só falta lançarem a camiseta - provavelmente à venda, cujo dinheiro será destinado à "caridade" - brincando com o lema de Johnny Walker: "Keep Calm and Ore em Silêncio" (sic).
Logo eles, que pregam a apologia do sofrimento, se acham na autoridade do "bem viver", tendo a pretensão de supor fórmulas prontas para uma vida melhor dentro de um mundo turbulento em que vivemos. Turbulência que é resultante de tantos fanatismos religiosos e surrealismos místicos que influem na imbecilização crescente e no aumento do egoísmo e da violência.
Os "espíritas" querem nos fazer esquecer que a "religião de Chic…

O jogo duplo dos "espíritas" brasileiros

ALLAN KARDEC - MUITO BAJULADO, POUCO SEGUIDO.

A hipocrisia anda dominando no "movimento espírita" brasileiro. Desde que a reputação de Jean-Baptiste Roustaing, antes dominante entre os "espíritas", reduziu-se quase por completo - ele só é apreciado pelo "alto clero" da Federação "Espírita" Brasileira - , o "movimento espírita" passou a adotar uma postura dúbia, contraditória e, portanto, hipócrita.
A tendência tem cerca de 40 anos, quando a crise do roustanguismo no Brasil se agravou diante do conflito entre a cúpula da FEB, representada pelo então presidente Francisco Thiesen e seu principal parceiro, Luciano dos Anjos, e os demais líderes e astros "espíritas", que acusavam a tendência roustanguista de impedir a autonomia das federações "espíritas" regionais.
Com isso, o roustanguismo se fechou em termos políticos, não bastassem duas polêmicas bastante pesadas, como a tese do "Jesus fluídico" - Jesus foi ape…

Brasil, purgatório do mundo

É confortável para os brasileiros acreditar que o nosso país é um paraíso, um lugar perfeito, tranquilo e sem grandes catástrofes. Mas é uma imagem falsa, fora da realidade em que vivemos e que só serve para manter-nos iludidos e acomodados.
Para muitos espíritas, sobretudo os iniciantes e/ou dogmáticos, é uma - falsa - honra acreditar ser o nosso país a "terra escolhida", "pátria do evangelho", como se fôssemos privilegiados na caminhada da suposta evolução. Evolução que não evolui nada.
Somente a ideia de "povo escolhido" é absurda, já que isso supõe que Deus escolheria filhos preferidos para serem tratados de melhor forma que os outros. É uma ideia que para mim está 100% descartada. Mais fácil dizer que somos o purgatório do mundo, lugar onde temos a oportunidade de rever nossas ideias através de várias limitações.
Mas a ideia de purgatório não parece outro tipo de escolha de Deus? Claro que não! Para entendermos isso, devemos usar a lógica, ignorar dogma…