Pular para o conteúdo principal

Isso é que é evolução espiritual! Não Chico Xavier, sopa e musiquinha!

Os protestos ocorridos ontem mostraram a verdadeira evolução espiritual. O povo redescobriu o discernimento e a coragem de sair do lugar e lutar. Cansou de esperar a ajuda e resolveu se ajudar, sabendo que fazendo a nossa parte é que conseguiremos o que queremos.

Esta época foi muito referida por inúmeros místicos como época de transformações. Como essas transformações iriam ocorrer era uma divergência entre essas correntes místicas. Mas todos sempre se referiam aos tempos de hoje como de mudança.

Mas não uma mudança passiva, com as bobagens de Chico Xavier e de seus discípulos, de sopinhas paliativas distribuídas aos pobres (que nunca deixam de ser pobres) ou musicas românticas cantadas em reuniões pseudo-espíritas. Isso daí é ilusão igrejista, uma cópia do que já acontece nas outras igrejas, sobretudo a católica e a evangélica. Não transforma nada e até imobiliza, engana, aprisiona.

A verdadeira mudança se dá pelo intelecto, pela recusa em sermos bobos e submissos. A revolução acontece com rupturas, desafiando mesmo os poderosos, que no topo do poder, sem ninguém acima para os regular, lançam todos os meios para abusar de seu poder e para subjugar a população. Mas surpreendentemente desde ontem, a população se despertou e depois de tanto negar, resolveu dar um "sim" ao verdadeiro  progresso espiritual.

Não sabemos o que acontecerá depois. Dificilmente as coisas permanecerão as mesmas, já que os gananciosos do poder pensarão duas vezes antes de tentar manobrar a população. Com a internet como principal arma, a sociedade se mostrou capaz de negar qualquer influência nefasta que pudesse estimular a passividade e deixar as coisas como estão, com os poderosos rindo de nossas caras.

O que posso dizer que estas manifestações é que representam o verdadeiro grito em prol da evolução espiritual, longe de qualquer dogma ilusório e usando muito bem o maior presente que Deus pode nos dar, o cérebro, finalmente utilizado para estas magníficas e surpreendentes manifestações.

Tenho absoluta certeza que Jesus, um dos primeiros revolucionários do mundo, apoia essas manifestações e ele faria o mesmo. Sozinho, ele fez absolutamente a mesma coisa em seu tempo e mesmo tendo sido assassinado por causa disso, provou a possibilidade de vida pós-morte e mostrou que sempre vale a pena lutar.

Hoje estou feliz como nunca estive. Creio que agora o carro da humanidade brasileiro saiu do atoleiro. Acho que desta vez iremos evoluir. Não como os religiosos e autoridades queriam, mas como a realidade exige.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo para os ricos, nada para os pobres!

A guinada direitista do "Espiritismo" brasileiro, supostamente "orientada" pela "espiritualidade superior" (na verdade espíritos de velhos e odiosos macartistas disfarçados de "sábios") tirou definitivamente a sua mascara de "doutrina avançada". 
Incapaz de melhorar o país em mais de 130 anos, se limitando a caridade paliativa que não elimina problemas, mas cria meios de suportá-lo, o "Espiritismo" brasileiro agora abraça um governo golpista e ideias retrógradas que pretendem reservar o bem estar a uns poucos que compartilham de ideais retrógrados e meios suspeitos de vencer na vida.
O "Espiritismo" brasileiro, totalmente distante e em muitos pontos contrário ao Espiritismo original fundado por Allan Kardec, sempre foi uma seita de elite com um número grande de seguidores de alto poder aquisitivo e graduados em faculdades. O que não significa que sejam mais inteligentes, pois o "Espiritismo" brasileiro ag…

Anti-esquerdismo "espírita" vai contra proposta da caridade

O "Espiritismo" brasileiro é cheio de contradições, graças a sua recusa em raciocinar e analisar tudo que chega aos seu redor. Abraçou a fé cega e a bondade estereotipada e se limita a fazer caridade paliativa, aquela que serve de mera compensação para que os necessitados se mantenham em suas condições humilhantes. 
Agora, os "espíritas" (de Chico Xavier) e os espíritas (de Allan Kardec) encanaram de aderir ao sádico ódio fascista anti-esquerda. Criminalizaram os movimentos sociais, a personalidades de esquerda e glorificaram o excludente Capitalismo, se baseando na tolice da meritocracia e descartando de uma vez por todas a acridade mencionada por Allan Kardec, um socialista, em suas obras.
Só o direitismo assumido pelo "Espiritismo" brasileiro jé envolve um festival de contradições que poderão implodir a doutrina no Brasil, que já é muito fraca em outros países. Ela entra em violento choque com a finalidade original da doutrina, que é a caridade, além …

O juízo de valor que derrubou Divaldo Franco e Chico Xavier

"Não julgueis para não serdes julgados", dizia o ensinamento de Jesus. Pegando carona, o anti-médium mineiro Francisco Cândido Xavier criou um arremedo da mesma ideia: "Não julgueis quem quer que fosse". Mas desobedeceu o que ele mesmo disse.

Em 1966, o pior julgamento de valor que se pode dar contra multidões humildes foi dado por Chico Xavier. No livro Cartas e Crônicas, Xavier acusou de terem sido "romanos sanguinários" os pobres cidadãos que, de várias partes do Grande Rio, foram assistir alegremente um espetáculo circense em Niterói, em dezembro de 1961, e foram vítimas de um incêndio criminoso.
O agravante da infundada acusação - feita sem provas documentais, de maneira generalizada, sem estudo da Ciência Espírita e preocupada com suposta encarnação longínqua e superada - é que Chico Xavier, para se livrar de culpa, botou a responsabilidade no pretenso autor espiritual, Humberto de Campos, muito mal disfarçado pelo codinome Irmão X.
Só neste episód…